É possível uma viagem no tempo para o Futuro?

Entenda como a viagem no tempo é possível para nós em nossa realidade psíquica e física.
Imagem de Stefan Keller por Pixabay 

Viagem no tempo. Com certeza você já ouviu falar. Filmes de Hollywood usam bastante esta temática. Mas o que será que podemos fazer hoje com a tecnologia e o que ditam as regras da física?

Como Einstein descreveu em 1905, o tempo e o espaço são relativos. O tempo pode ser distorcido pela gravidade e pela velocidade. Quanto mais rápido algo se move, mais devagar o tempo passa em comparação com quem está do lado de fora da cena.

Isso também foi falado pela Teoria dos Gêmeos de Langevin. Se dois gêmeos se distanciassem a velocidades diferentes, um fica aqui na terra e o outro viaja a velocidade da luz para o espaço, permanece parado sob as duas perspectivas. Mais ou menos quando viajamos a uma certa velocidade, mas o nosso horizonte parece estar bem mais lento.   

Essa distorção do tempo foi calculada por Edward Lorenz e é exponencial. isso significa que, à medida que a quantidade aumenta, aumenta também a taxa na qual ele cresce de forma incontrolável. Dá para ver que a distorção é quase insignificante até se chegar bem perto da velocidade da luz. 

Isso quer dizer que se alguém começar uma viagem próxima à velocidade da luz hoje, irá parar no futuro. Isso é o que acontece com os astronautas, mas obviamente em escalas bem pequenas do tipo 0,02 segundos. Até porque existe outra dificuldade, a velocidade precisa ser proporcional a massa, então quem viaja deveria ter uma massa infinita. Mas na nossa realidade atualmente só é permissivo à tecnologia, por exemplo, dos GPS. 

O Teletransporte no Tempo

Mas se você está pensando em saltos de mil anos a frente, isso tem um nome diferente e é chamado de “teletransporte no tempo”, que seria mais ou menos como o que acontece nos buracos de minhoca.

Esses buracos de minhoca, para quem não sabe, são um tipo específico de buraco negro, que quando atingem uma singularidade, esta permite uma segunda extremidade do outro lado desse buraco. Assim ligando dois pedaços do espaço-tempo. Estas extremidades diferentes do buraco, possuem duas velocidades, um está na velocidade da luz (futuro) e a outra atrelada ao nosso presente. Desta forma, permitindo que se alguém entrasse por uma extremidade, tivesse acesso à outra, e vice-versa. Viajando, assim, no tempo. O problema é que isso é somente permissível para partículas, tornando isso inviável a nós.

Alguns físicos como Kip Thorne , Ron Mallett, entre outros estudam esta possibilidade e acham isso viável, o problema é que não dispomos de tecnologia suficiente ainda.

Psiquismo e Duplo Quântico Recursos que viajam através do tempo

Enquanto não conseguimos essa façanha fisicamente podemos adotar outros recursos mais “reais” . Um está na nossa capacidade psíquica que consegue viajar no tempo e no espaço sem nenhum problema. Sendo possível por meio das nossas memórias e vivências, muito embora nosso cérebro nunca consiga retransmitir em lembranças fatos como realmente aconteceram, mas isso, segundo a neurociencia, é perfeitamente normal.

Para o físico Jean Pierre Garnier Malet, que postulou a teoria do desdobramento do tempo, na qual ele explica que nosso corpo energético consegue viajar no tempo, durante nosso sono REM, aquele sono profundo. Nós conseguimos extrair do futuro informações que podem nos ajudar no presente, a chamada Hiperincursão. Isso que dizer que em um tempo desdobrado paralelo ao tempo de Planck (tempo em escalas subatomicas) completamente imperceptíveis para nossa realidade, existe uma versão de nós que tem a capacidade de viajar em grande velocidades e visitar o tempo de maneira bem mais lenta, tendo acesso a infinitas informações.

Assim é possível, de acordo com algumas técnicas e procedimentos, se conectar a outras possibilidades do seu EU e obter as informações para o seu presente. As chamadas pela física quântica de infinitas probabilidades, uma vez que o seu desdobramento futuro fica na escala de onda, seguindo obviamente a sua função de onda. 

A quarta dimensão

De toda forma, seja para nossa mente ou para a ciência, o espaço-tempo, dependendo da perspectiva, não existe e somos nós que damos vida a esta dimensão, como Einstein a chamou, a 4ª dimensão. Mas uma coisa é certa, o tempo deve existir pelo menos para nós. Ele é de vital importância para nosso despertar, ou como muitos chamam, nossa evolução. Assim fomos feitos e assim será. Quanto a viagem no tempo por hora só é possível com a ajuda do seu duplo quântico.

Se quiser saber mais sobre a Teoria do Desdobramento do Tempo e o Duplo Quântico acessa nosso canal do Youtube ou faz o nosso Aulão Duplo Quântico. Com certeza as suas verdades estão aguardando por você!

Deixe o seu comentário

Compartilhe com os seus amigos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Sobre mim
Selva Salerno

Selva Salerno

Ativista quântica, Empresária, Consultora e Palestrante, formada em Comunicação Visual, Propaganda e Criação Publicitária. Criadora da agência e-fácil, negócios digitais, do Grupo Onda Quântica e da Intuitare Desenvolvimento visionário, busca, por meio do seu conhecimento, levar o visionarismo e o uso da intuição a empresários, gestores e trabalhadores, por meio de Palestras, Cursos e Práticas. Atualmente pesquisa teorias da Neurociência e da Física Quântica no mundo corporativo-empreendedor.

Postagens recentes
O que é a Felicidade? Ela existe?

O que é a Felicidade? Ela existe?

O que é a felicidade? O que os filósofos, religiosos e até os cientistas falam sobre isso? Descubra e opine,…
SORTEIO - CURSO EU INFINITO

SORTEIO - CURSO EU INFINITO

Inscrições Encerradas… Se você quer entrar em contato com o seu Duplo Quântico, eu superior ou outro eu e extrair…
Duplo Quântico: O que é e como pode te ajudar?

Duplo Quântico: O que é e como pode te ajudar?

O que seria esse Duplo quãntico e a sua relação com a ciência e a espiritualidade. Veja o que é…
redes sociais